FILM REVIEW | Insurgente (Spoiler-Free)

sábado, março 21, 2015


 Olá queridos! ♥

 Ganhei, através do facebook da Pris Audiovisuais, um convite duplo para a antestreia do filme Insurgente, na passada Quarta-Feira! 
 Este filme é o segundo da saga Divergente, que conta a história de Tris Prior, uma divergente que luta contra a sua própria extinção (bem como a de outros). É uma história passada num mundo distópico muito bem estruturado (na minha mais honesta opinião), criado por Verónica Roth (a autora dos livros que deram lugar a esta adaptação).
 Já sabemos o quanto eu gosto de ler e li esta saga o ano passado. Por isso esta opinião vai provavelmente gerar controvérsias. Eu sei, é impossível (e de loucos sequer pensar que) o filme contar tim-tim por tim-tim o que o livro descreve. Mas, a realidade é que se houver um único tim neste filme, já é muito.
 Foi anunciado em vários sites e revistas (i.e. Hypable, Entertainment Weekly, e outros) que o filme ia levar uma volta de 180º. Sim, a história ruma ao mesmo destino (espero eu) mas aspectos chave foram mudados e outros pontos acrescentados (Não vou tocar no quê especificamente, mas se quiserem saber, visitem o site Hypable). 

 Bom, tudo isto dito, acrescento ainda que adormeci durante cinco minutos durante o filme! (Em minha defesa tinha acordado às 5 da manhã, e o filme foi às 21h30m). 

 Vou ser extremamente sincera, como espero que estivessem à espera: achei o filme demasiado digital! Em exagero mesmo. Epá, às tantas desliguei quase por completo da história, parecia que estava a ver um daqueles filmes de terceira categoria (I'm looking at you Transformers franchising) que tem um enredo de bosta e compensam com demasiados efeitos especiais.
 Outro grande problema para mim, neste franchising, foi o casting da mãe do Four. Isto tirou-me metade do interesse no filme. Mas nem vou entrar por aí, vou só dizer: a atriz tem um ar demasiado jovem. Sim, a Evelyn é uma mulher relativamente jovem, tendo no máximo 40 anos. No entanto, visto o Theo James já ter 30 anos, pareceu-me esquisito, no mínimo. 
 Por último, honestamente odeio o que fizeram com o cabelo da Tris. Sim, era suposto ela cortá-lo, mas acho que ficou estranho e também ajudou o eu não gostar muito da Shay como actriz.
 Pronto, isto são preferências minhas, sem dúvida. Mas também o feeling do filme me pareceu diferente. Como disse à minha amiga que me acompanhou, o irmão da Tris, o Caleb, foi um cabrão de fininho no filme, quando no livro, o seu nível de cabrãozisse estava mais ao rubro. Peço desculpa a linguagem, mas é esse o termo correcto. Isto foi o exemplo que usei, mas existem muitos mais. Senti que a mensagem do livro não foi passada no filme e isso é grave para mim, porque adoro a Tris dos livros. Sim, é impulsiva, toma decisões estúpidas também, mas é uma rapariga forte e complexa - no filme isso não passa. Como disse a minha amiga: ela passa o filme só a chorar. Mas pronto, é a tal coisa de não gostar da Shay também.

 Fora esses set backs pessoais, sim, gostei do filme. É um filme wow-man que se destaca dentro do seu género? Para mim não. É um filme bom para uma sessão com amigos? Sem dúvida! É cheio de acção, quase nenhum momento é morto, tem um gajo giríssimo...

 O meu conselho é lerem os livros, esses sim, são geniais! 

E vocês, já viram o filme? O que acharam?
Se leram os livros, acharam as diferenças importantes? Tinham imaginado tudo mais ou menos assim?
Contem-me!
Nessie,

You Might Also Like

10 comentários

  1. Respostas
    1. Já é o normal em mim ahaha Gosto mas encontro sempre forma de não gostar por ter lido o livro, enfim! Espero que gostes quando o vires querida xx

      Eliminar
  2. epah... disseste tudo o que eu já esperava...eu já achei o Divergente um travesti de filme, e pelo que vi dos trailers, este parece uma história completamente diferente... fizeram da Tris uma heroina de ação tipo Katniss, quando a Shai dizia que gostava dela exatamente por não o ser... e claro, mudaram o guião todo porque não podem dar 2 minutos no ecrã à Kate Winslet, tem de ser meio filme....e eu descobri isto tudo só no trailer...desconfio que vou odiar o filme =P

    (o meu filme preferido da Shai por acaso até é o The Spectacular Now, que não tem nada a ver hahahaha)

    http://tehteh25.blogspot.com

    xoxo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As adaptações tanto de Divergente como de Hunger Games deixam muito a desejar. Nem peguei no facto de apagarem completamente o papel de certas personagens como o Uriah, a Lynn, a Marlene e o Zeke (a Lynn é a que tem mais protagonismo deles todos e mesmo assim nunca sabemos o nome dela no filme). Desconfio que possas ter razão, não é um filme para os fãs da saga mas sim para as massas!

      (Por acaso gostei bastante desse filme também!) xx

      Eliminar
  3. Vi mesmo agora o filme! Concordo contigo, a mãe do "Four" é nova demais, quando entrou em cena pensei que fosse alguma ex-namorada ou irmã haha. É verdade, ela passa o filme todo a chorar, há alguns momentos em que é destemida e impulsiva e tal, mas nada de mais...Ela cortou o cabelo porque foi fazer o filme "A Culpa é das Estrelas", podiam ter-se lembrado de por extensões ou assim, mas pronto. Tem muito "Transformers" à mistura haha Esperava mais

    http://cereja-dooce.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão do cabelo, ela no livro corta mesmo, mas realmente podiam ter posto um cadito maior. Tenho quase 90% de certeza que no livro ela corta pelo pescoço, não tão curto. Foi pura preguiça deles de certo.

      Eliminar
  4. Insurgente! Vai ser tão bom...
    Segui
    NOVO POST! http://hashtagwwgu.blogspot.pt/2015/03/my-first-look-on-blog-o-meu-primeiro.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que gostes :)
      Obrigada querida xx

      Eliminar
  5. Vi o divergente e adorei! Estou à espera que o meu namorado volte de Andorra para irmos ver os dois o Insurgente, espero gostar (já que não li os livros, ainda!) x
    http://dreamingwithpeaches.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Subscribe